Cala-se uma das vozes mais polêmicas do Planalto Norte de Santa Catarina


Só mesmo o todo poderoso para fazer calar a voz de Maurício Nascimento.
Faleceu nesta madrugada por problemas de saúde o Jornalista e Radialista Maurício Nascimento.

Maurício, passou mal durante a madrugada, chegou a ser levado ao hospital por sua filha mas acabou tendo um infarto e faleceu.

Maurício foi indiscutivelmente o mais importante radialista da história de Canoinhas. Seu programa na Rádio 98FM sempre era ouvido por uma enorme quantidade de pessoas.
Radialista há mais de 50 anos, uma das mais antigas vozes do rádio catarinense, silenciou na madrugada desta quarta-feira. Jornalista sócio proprietário do “Melhor”, que virou “Ótimo”, devido a demandas judiciais dos que sempre tentaram censurá-lo e tirar a “caneta” de suas mãos. Era um dos últimos moicanos na luta por uma imprensa independente e que não se intimidava com ameaças e processos.

Lembro de suas prisões em Mafra – onde o visitei – e em Joinville, algemado em uma cama de hospital com policiais guardando a porta do seu quarto como se fosse um marginal dos mais perigosos. Tudo por conta de denúncias contra políticos, como se estes fossem os paladinos da justiça. Maurício cumpriu suas penas, pagou seus pecados mas nunca deixou de denunciar aquilo que muitos tentavam puxar para debaixo do tapete.

Ainda neste ano foi vítima de covarde agressão por um bando quando deixava a rádio onde trabalhava. Deram-lhe literalmente uma surra, quebrando-lhe inclusive os dentes, mas esqueceram de cortar sua língua. Em seguida Maurício já denunciava seus agressores através dos microfones, mesmo com dificuldades para falar.

Canoinhas e o Planalto Norte e a imprensa catarinense ficam mais pobres, mais silenciosos e perdem um grande batalhador e idealista. Seus algozes devem estar alegres, mas a tristeza que toma conta do coração de seus amigos e familiares é bem maior. Como confiamos na justiça divina, temos certeza que lá de cima Maurício é quem estará sorrindo. Nos pregou uma peça, deixando-nos para sentir saudades. Saudades do amigo de todas as festas, qualquer que fosse o endereço, qualquer que fosse a cidade.

Como escreve nosso confrade Jefferson Severino, não era dos primeiros a chegar, mas sempre o último a sair. E, ainda quando chegava no hotel que o hospedava, tinha sempre que tomar a dormideira, a cerveja que ele sempre preferiu a qualquer outro tipo de bebida. Deixa sua sócia e ex-companheira Marly, a que talvez mais de perto o acompanhou em toda sua trajetória. A filha Talita e o genro Ulisses.
A Associação Catarinense de Colunistas Sociais fica desfalcada de um de seus mais alegres festeiros. Maurício foi um dos últimos resistentes a trocar sua potente máquina com filme pela nova tecnologia da digital. Um gozador de primeira hora, nunca o vi com um papel anotando nomes dos fotografados.

Ele, com seu sorriso matreito sempre dizia: “Espero o Skiba publicar as fotos e depois copio os nomes”. Descanse em paz, amigo, daqui para frente temos uma convicção, em nossas festas e encontros sempre restará uma cadeira vazia. Também como bom radialista nunca abandonou seu gravador e microfone com os quais entrevistava os convidados e levava ao ar para seus ouvintes.

Sabia vestir um smoking com muita elegância e nas noites frias ostentata seu sobretudo preto que constrastava com seu cabelos brancos, que há muito tomaram conta de sua cabeça. Nos deixou aos 61 anos. Saudades do guerreiro que Canoinhas saberá lembrá-lo e nós, os amigos, guardá-lo no coração.

crédito:Pedro Alberto Skiba - um amigo do coração

Comentários

cleoaboa30 disse…
Com certeza Mauricio foi "O CARA", eu desde criança ouvia seus programas e adorava sua irreverencia, admirava sua coragem e seu coração mole, ajudando pessoas que muitas vezes nem conhecia pessoalmente, ele foi um anjo que Deus nos emprestou, e agora infelizmente veio buscar, eu sou fã desse homem com alma de menino.Que descanse em paz!
cleoaboa30 disse…
Com certeza Mauricio foi "O CARA", eu desde criança ouvia seus programas e adorava sua irreverencia, admirava sua coragem e seu coração mole, ajudando pessoas que muitas vezes nem conhecia pessoalmente, ele foi um anjo que Deus nos emprestou, e agora infelizmente veio buscar, eu sou fã desse homem com alma de menino.Que descanse em paz!

Meu nome é Cleonice e sou de Canoinhas.

Postagens mais visitadas