Carnaval de Salvador: Violência e desrespeito com turistas



Atendimento no Hospital São Rafael ao agredido no Bloco YES/CHEIRO DE AMOR no Carnaval de Salvador
Nem só de festa vivem os foliões de Salvador. No Carnaval deste ano, a folia também foi marcada por violência. Segundo o governo da Bahia, nos cinco primeiros dias de festa, houve um aumento de 28% no número de ocorrências policiais com relação ao mesmo período do ano passado.
Uma triste constatação:nós só aceitamos alguns fatos, quando acontecem com a gente ou com nossa família.
Um breve relato do Carnaval em Salvador 2011
Sou jornalista e este ano fui cobrir o Carnaval de Salvador, para inúmeras mídias do país. Fui na quinta -feira, aos camarotes importantes, com meu filho como meu assistente. Um detalhe: em Salvador, desde a quarta-feira, já é Carnaval.
Na sexta-feira,  meu filho, apesar de avisado sobre a violência do Carnaval,quis sair com amigos e amigas, no BLOCO YES, que pertence ao CHEIRO DE AMOR e mesmo estando de Abadá, foi espancado, por um grupo de rapazes, que também estavam de abadás,  dentro do bloco, cercado de seguranças e cordeiros. Deram uma garrafada, na parte posterior da cabeça, e vários socos na boca , mesmo ele estando desmaiado e depois fugiram.Estes criminosos, vestidos de foliões, não se preparam para a festa, mas para a Violência e só agem em grupo, pois sozinhos são covardes.
Meu filho, depois de agredido, desmaiado e sangrando muito teve  péssimo atendimento. A sutura, na cabeça e na boca foram horríveis,o médico trêmulo e assustado, prescreveu uma receita de antibiótico,em folha de caderno amassada .
Mais um jovem covardemente agredido no Carnaval de Salvador
Meu filho foi dispensado, no meio da folia, com traumatismo craniano e só chegou em casa, porque duas meninas ( amigas) o carregaram até onde foi possível conseguir um Taxi. Quando chegou em casa vomitando e sem conseguir caminhar, nós o levamos, para a emergência do hospital São Rafael, onde ficou em observação e recebeu tratamento correto. Ele  não se recuperou completamente até o momento e perdeu uma semana, das aulas, na faculdade de medicina.
Procurei o responsávei pelo bloco e fui atendida com grosseria e ironia. Enfim, com total falta de respeito, de ética e de educação.
Para mim  ficou a seguinte impressão:
O Carnaval de Salvador é uma festa vendida aos turistas, que viajam iludidos, acreditando que irão se divertir, mas  são enganados, espancados, humilhados e desrespeitados.
Meu conselho para turistas:Salvador é uma bela cidade,tem ótimas praias lugares interessantes, é uma cidade incrível, mas a folia de Carnaval é bom só, para quem tem tendência Suicida!!!
Lamento ter constatado que se não houver mudanças, na estrutura do Carnaval de Salvador e mais respeito ao  Consumidor, muitos turistas, ainda serão espancados e correrão risco de morte ...Veja algumas cenas de agressões e show de violência são do Carnaval de Salvador
Mulher baleada no circuíto Barra /Ondina -Carnaval de Salvador

Comentários

Luciano Baumgardt disse…
Nossa Vera!

Fato lamentável, vou divulgar sim.

Abraço

Lu
Absurdo amiga Vera, repasse isso aos seus amigos jornalistas paulistas, quem sabe esse pessoalzinho aí que te atendeu mal te atenda bem. Passe para Amaury Jr, jornalistas amigos seus da Folha, Estadão e por aí vai...pois vc tem credibilidade e o Cesar é um menino lindo e do mim, capaz de fazer mal a uma formiga. Beijos. Saudades e indignada com o que aconteceu.
Fernando disse…
Sem dúvida um grande absurdo. Ficamos indignados ao ler algo desse tipo. Onde está a polícia? Não existe, pelo que se vê. E a violência desses grupo continuará impune?

Postagens mais visitadas